Marketing social: quem são, onde vivem, de que se alimentam?

Por Gabriel Mansur

Quantas vezes já não falamos de marketing por aqui? Não tem como fugir do assunto, afinal é simplesmente o carro-chefe da publicidade e propaganda e principalmente de nossos corações.

O marketing está para o mundo digital assim como o Ronaldinho Gaúcho está para o futebol. Os vídeos do bruxo arrepiam qualquer um que não tenha uma pedra no coração.

Só um breve resumo: comentamos sobre as diferenças entre o “monogâmico marketing tradicional e o “poligâmico” marketing tradicional e também sobre os contrastes entre Inboud e Outbound

Hoje, no entanto, o tema é marketing social. “Quem são, onde vivem, de que se alimentam”. Não somos Sérgio Chapelin e muito menos Globo Repórter, mas sempre quisemos falar isso.

Antes de explicarmos tudo para você entender o que é marketing social, é necessário compreender o papel do marketing na sociedade.

Tem como premissa ser uma estratégia que visa garantir maior visibilidade para uma empresa, marca ou serviço.

A palavra marketing, por sua vez, é derivada do latim “mercare”, referente ao ato de comercializar, isso na Roma Antiga.

De forma geral, o marketing oferece e comercializa produtos e/ou serviços de acordo com a necessidade do público para o qual deseja vender.

Para isso, é preciso definir as ações que melhor se adequam ao seu mercado, bem como os seus objetivos e o público-alvo mais assertivo.

Agora que temos uma noção maior a respeito do marketing, chegou a hora de “limitarmos” esse tema do TCC para marketing social: o que é e por que é tão importante nos dias atuais – sendo a estratégia principal de várias empresas.

Se você nunca ouviu falar nesse tipo de marketing, a pergunta que deve estar passando pela sua cabeça é: o que é marketing social? Como posso trazer essa estratégia para minha marca?

Sabe quando uma “influencer” resolve ir para África e acha bonito fotografar-se com um recém-nascido desnutrido no colo para sair de salvadora branca nas redes sociais? Não façam isso. Não é empático, mas sim mesquinho.

O marketing social corresponde a um conjunto de iniciativas realizadas por uma empresa com fins sociais, sem pensar em comercializar algo. Acredite se quiser: ganhar dinheiro é consequência e não causa. Não é o objetivo.

Em vez de focar na venda de produtos e serviços, ele preza a promoção da empresa por meio de ideias e atitudes em prol da sociedade, em diferentes sentidos.

O conceito nasceu em 1970, quando Philip Kotler e Gerald Zaltman notaram que, além de vender produtos, o marketing também atua como propagador de atitudes, causas e comportamentos.

Mas foi apenas no ano seguinte, em 1971, que a dupla conceituou o marketing social. As principais causas desse marketing são direcionadas à saúde, educação e transporte, vistos como necessidades básicas de qualquer cidadão.

Esse trabalho, no geral, conta com o apoio social da comunidade local, ao mesmo tempo que visa amenizar problemas mais simples e específicos. Essa atitude proporciona benefícios relevantes para os cidadãos do local em questão, seja em âmbito regional ou nacional.

Além disso, essa forma de fazer marketing resulta em um retorno positivo para a própria empresa, que promove a iniciativa/campanha. Desta maneira, a marca consolida seus valores e reforça a sua imagem no mercado.

Cases famosos de marketing social

1. Criança Esperança (Globo)

O Criança Esperança é uma forma de entender o que é marketing social e como ele auxilia na imagem da marca. A Globo desenvolveu um projeto social, a fim de conscientizar a sociedade sobre a vulnerabilidade de jovens e crianças brasileiras. 

Em união com o Órgão das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a iniciativa arrecada doações em dinheiro para apoiar causas sociais com foco na melhor qualidade de vida de crianças e adolescentes.

2. Correios

Durante o Natal, a empresa recolhe milhares de cartas direcionadas ao “Papai Noel”, escritas na maioria das vezes por crianças carentes no Brasil. 

A ideia é incentivar que alguém “adote” uma criança e atenda ao seu pedido. Por isso, são feitas propagandas para que as pessoas possam conhecer a campanha e adotem uma cartinha. Até mesmo um site foi criado para essa ação.

O futuro das marcas

O futuro é “customer centric”. O cliente deve estar no centro de todas as decisões de negócio.

Como sabemos, ele está cada vez mais digital e demandando por soluções rápidas e customizadas. É um desafio para as empresas, especialmente para as de culturas mais enraizadas, se adaptarem a estes novos hábitos do consumidor.

As empresas não podem perder a capacidade de ouvir o cliente, e agir rapidamente. Por isso, as equipes de marketing e comunicação podem e devem ter um papel de protagonismo nas companhias.

O processo de construção de marca é contínuo e estimulante, afinal, as necessidades do consumidor mudam o tempo todo. As marcas que se adaptam mais rápido, são mais competitivas. Mesmo diante de concorrentes tradicionais.

Para finalizar o tema de hoje, aqui vai uma sequência de dicas para você inserir em sua marca. Mas é aquela história: é apenas um conselho, ninguém é obrigado a seguir ou “comprar”, rs.

  • Missão e valores - a identidade da empresa ultrapassa a aparência;
  • persona - que define, inclusive, o tom de voz da empresa;
  • Estratégia de Benchmark - conhecer seus concorrentes é um passo enorme para superá-los;
  • Networking - a rede de contatos é um dos maiores bens de uma empresa;
  • Estratégia de marketing - divulgar, divulgar e divulgar! Afinal, quem é a sua empresa na fila do pão?

O branding se faz necessário para tornar a sua empresa memorável - a primeira que vem à mente e na busca do Google, de preferência, quando o cliente pensa no serviço que você presta!

O futuro das marcas

O futuro é “customer centric”. O cliente deve estar no centro de todas as decisões de negócio.

Como sabemos, ele está cada vez mais digital e demandando por soluções rápidas e customizadas. É um desafio para as empresas, especialmente para as de culturas mais enraizadas, se adaptarem a estes novos hábitos do consumidor.

As empresas não podem perder a capacidade de ouvir o cliente, e agir rapidamente. Por isso, as equipes de marketing e comunicação podem e devem ter um papel de protagonismo nas companhias.

O processo de construção de marca é contínuo e estimulante, afinal, as necessidades do consumidor mudam o tempo todo. As marcas que se adaptam mais rápido, são mais competitivas. Mesmo diante de concorrentes tradicionais.

Para finalizar o tema de hoje, aqui vai uma sequência de dicas para você inserir em sua marca. Mas é aquela história: é apenas um conselho, ninguém é obrigado a seguir ou “comprar”, rs.

  • Missão e valores - a identidade da empresa ultrapassa a aparência;
  • persona - que define, inclusive, o tom de voz da empresa;
  • Estratégia de Benchmark - conhecer seus concorrentes é um passo enorme para superá-los;
  • Networking - a rede de contatos é um dos maiores bens de uma empresa;
  • Estratégia de marketing - divulgar, divulgar e divulgar! Afinal, quem é a sua empresa na fila do pão?

O branding se faz necessário para tornar a sua empresa memorável - a primeira que vem à mente e na busca do Google, de preferência, quando o cliente pensa no serviço que você presta!

Se interessou nesta estratégia de marketing? Quer saber mais? Não perca tempo: entre em contato com a gente através do WhatsApp 92 98188-9524.

Quer receber nossos blogs e outros conteúdos do universo do marketing digital lá no Telegram? É só entrar no nosso canal tocando/clicando no link a seguir: https://t.me/newmdsolutions.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Leia também

Sinta-se à vontade para nos escrever.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As mais recentes

Instagram

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter, para ficar por dentro de tudo sobre marketing digital!

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Olá, como podemos lhe ajudar?