Por Gabriel Mansur

Quer saber de uma informação que vai lhe deixar de boca aberta? A publicidade não serve apenas para encher seu bolso de dólares. Tá passada???? Os textos publicitários, por exemplo, são aqueles que têm o objetivo de anunciar alguma coisa. 

Fazer com que uma informação torne-se pública, desde anúncios de produtos e/ou prestação de serviços até uma campanha de vacinação. E é sobre isso que vamos falar hoje.

Após um mutirão de vacinação contra a Covid-19 em Manaus no último final de semana, quando mais de 140 mil braços, musculosos ou nem tanto, receberam as primeira e segunda doses de vacinas, o assunto hoje não poderia ser outro. Um segredo: até agora ninguém virou jacaré.

Essa galera toda não foi se vacinar à toa. Ninguém acordou do nada e pensou consigo: “Seria ótimo ser vacinado agora”. Já pensou? Se maquiar, vestir esporte fino e encontrar vacinas disponíveis como jabuticabas em jabuticabeiras. Ah se a vida fosse fácil assim… 

Tudo faz parte de um processo. Campanhas publicitárias destacadas em suportes midiáticos, como televisão, internet e rádio, jornalísticos, como jornais e revistas, e espalhados em vias urbanas: outdoors, pontos de ônibus ou postes de iluminação (acredite, não servem apenas de banheiro para cachorrinhos).

É a propaganda unida pelo bem maior: a vida. A campanha começou com uma porção de informações vindas da Organização Mundial de Saúde, dos Governos internacionais e estaduais e, claro, da ciência. Antes de divulgar os postos de vacinação, foi preciso deixar claro a importância de ser vacinado.

Mas alguns especialistas em saúde acreditam que as mensagens das vacinas têm se concentrado nas coisas erradas. Lee Fraser, diretor médico da Digitas Health, afirma que muitos dos primeiros esforços de marketing estavam focados na venda de proteção individual em vez de benefícios para todos. 

Ele acredita que, mesmo aqueles que não estão preocupados em pegar Covid-19, podem estar inclinados a tomar a vacina se isso significar se reunir com a família e amigos.

A propaganda da cerveja Budweiser explora esse sentimento. O anúncio apresenta uma montagem de momentos com pessoas se reunindo para tomar uma cerveja em um mundo pós-pandêmico. Veja abaixo:

(FOTO BUDWEISER)

O Google também lançou recentemente um novo comercial sentimental. Chamado de “Get Back to What You Love”, (Volte para o que você ama”, em tradução livre), o anúncio mostra uma variedade de termos de pesquisa da era da pandemia, como “quarentena”, “distanciamento social” e “lockdown”.

A empresa também tem trabalhado com o Conselho de Publicidade em uma série de esforços educacionais sobre vacinas.

No Brasil, publicitários e marketeiros lançaram manifesto em prol da vacinação em massa contra o coronavírus.

Juntos, a Associação Brasileira dos Agentes Digitais (ABRADI), a Associação Brasileira de Agências de Publicidade (ABAP), os Sindicatos das Agências de Propaganda e a Federação Nacional das Agências de Propaganda (Sistema Sinapro/Fenapro) apresentam a campanha “Todos Vacinados”, com o slogan “Vacinar, unir e comunicar”.

As entidades representam mais de 2,4 mil empresas e 80 mil profissionais no país. Além do manifesto, as associações e os sindicatos incentivam doações às pessoas mais vulneráveis.

Com o reforço digital, a campanha traz o conceito “Cuidar de você é cuidar de milhões de brasileiros”, que se desdobra em várias peças para serem compartilhadas nas redes sociais.

(FOTO – REPRODUÇÃO METRÓPOLES) 

O documento defende imunização mais célere e campanhas de comunicação dos órgãos responsáveis que informem de forma contínua, transparente e efetiva o cronograma de vacinação. 

“Chamamos para nós mesmos essa responsabilidade, contribuindo de forma ativa. Colocamos nossas competências a serviço do país, buscando também sensibilizar a todos sobre o caminho a seguir”, escreveram as entidades.

A pandemia do coronavírus já matou quase 500 mil pessoas no Brasil. Só no Amazonas foram 13.136 óbitos até a última atualização. A vacinação é a única forma comprovadamente eficaz contra o vírus. Use máscara, lave as mãos e use álcool em gel. E, claro: vacina, sim!

Quer receber nossos blogs e outros conteúdos do universo do marketing digital lá no Telegram? É só entrar no nosso canal tocando/clicando no link a seguir: https://t.me/newmdsolutions