Criada na década de 40 pelo norte-americano Alex Faickney Osborn, a técnica  propõe que um grupo de pessoas se reúnam e utilizem seus pensamentos e ideias para que possam chegar a um denominador comum, a fim de gerar ideias inovadoras que levem um determinado projeto adiante. 

No contexto das agências de marketing e publicidade, esse ritual de “tempestade de ideias”, como o termo é traduzido, pode ser aplicado para dentro do negócio (na reunião de planejamento estratégico, por exemplo) ou para fora (no momento de criação das campanhas dos clientes).

Este processo de compartilhamento de ideias deve envolver um número considerável de funcionários ativos na empresa, com perspectivas diferentes para que o processo seja eficaz. 

O brainstorming precisa estar aberto a críticas para que várias ideias sejam levadas em consideração, mesmo as que não podem ser utilizadas de imediato, mas que podem servir para pensamentos mais profundos e até mesmo aplicadas em um outro momento.

Porém, é importante que todos os participantes tenham em mente o problema que querem solucionar. No final da reunião, as melhores ideias serão aplicadas em estratégias.

Como fazer?

Seguindo o modelo de Osborn, a técnica precisa ter: 

Quantidade: quanto mais “cabeças pensantes”, melhor;
Liberdade: como citado acima, é importante que várias ideias sejam levadas em consideração;
Interatividade: todas as ideias compartilhadas podem ser interligadas a outras ideias, que podem gerar novas soluções para novos problemas;
Tangibilidade: as ideias trabalhadas na reunião precisam estar aptas para sair do papel e ser aplicadas concretamente.  

Agora que você já sabe o que a técnica precisa ter, vamos explicar como fazer:

Defina um tema

Tenha um tema relevante para trabalhar em cima. Algo que vá realmente fazer diferença nas aplicações de estratégias da sua empresa. Algumas reuniões podem demorar horas, então nada melhor que investir tempo em algo que trará retorno.

Certifique-se da participação de todos os envolvidos

Como já citamos no início deste blog post, quantidade é o ideal para que o compartilhamento seja eficaz, portanto, garanta que todas as pessoas envolvidas ativamente na sua empresa, participem desse processo tão importante para estimular a criatividade.

Escolha o ambiente apropriado

O brainstorming também tem a proposta de uma atividade mais leve, que tire um pouco sua equipe da rotina, então nada melhor que escolher um ambiente leve, dinâmico e agradável, até mesmo para estimular a produção de ideias.

Apresente o problema

Você, como líder, deve justificar o por que de promover a reunião, deixando claro quais são os objetivos e quais problemas pretende sanar com a mesma.

Anote tudo

Anote todas as ideias apresentadas a fim de analisar com calma, tudo o que foi discutido e apresentado. Assim, no final, você chegará numa conclusão eficaz.

Resuma tudo no final

Para ter certeza de que a reunião foi produtiva, faça um resumo de tudo o que foi discutido. Essa ação serve mesmo para tirar possíveis dúvidas que possam surgir antes de encerrar o processo. 

Essas foram algumas dicas de como aplicar a técnica na sua empresa. 

Gostou de saber sobre o tema? Quer mais conteúdo como esse? Deixe aqui nos comentários. 

  • Fique por dentro dos conteúdos do nosso blog post e outros assuntos do universo do marketing digital, também no Telegram: https://t.me/newmdsolutions